SAMU 192 CAMPINAS APOIA A AÇÃO DO BOM DIA MORADOR DE RUA ATENDENDO AS URGÊNCAIS MÉDICAS E AS URGÊNCIAS SOCIAIS

Julho/2010

O SAMU 192 CAMPINAS é um serviço de urgência e emergência e apesar de aparentemente estar atuando fora de sua atividade principal, acaba atendendo uma área da urgência, muito pouco percebida ou notada.

Trata-se da urgência social, onde pessoas acabam escolhendo opções nada convencionais para viver suas vidas e estão tão carentes de tantas necessidades, que fica difícil de resgatar essas pessoas.

O Coordenador do SAMU 192 CAMPINAS, Dr. José Roberto Hansen, está desde o início no Projeto Tolerância Zero, que tem como um de seus braços, a Ação BOM DIA MORADOR DE RUA, e tem atuado diretamente nas atividades.

Enfrenta o receio de alguns profissionais médicos, pois certamente, não é nada fácil, encarar o sofrimento, o declínio de um ser humano, a falta de qualquer regra, e o cheiro característico destas pessoas.

Conseguindo ignorar o mal cheiro e abrindo os olhos e olhando mais profundamente do que suas roupas rasgadas, a barba mal feita, o pé sujo, certamente poderá reconhecer a necessidade do atendimento de urgência.

Pessoas maltratadas pela vida, abandono dos pais e mães, crianças sofrendo violências físicas e sexuais e que acabam escolhendo viver em Paz nas ruas e conseguindo alcançar os seus sonhos, no mundo das drogas.

A Saúde Mental, também participa e está diretamente envolvida devido a questão de uso de drogas psicoativas e certamente, mudanças importantes estarão acontecendo, melhorando a qualidade do atendimento psiquiátrico.

Criamos uma ficha com identificação com fotos de todos os moradores que passaram por atendimento pelas equipes de saúde.

Alguns profissionais participam ativamente de todas as Ações BOM DIA MORADOR DE RUA, e certamente são responsáveis de todas as mudanças que estão acontecendo junto a Secretaria de Saúde, principalmente na área da Saúde Mental e também na Secretaria de Assistência Social, com as ações compartilhadas entre as suas Secretarias.

Os Auxiliares de enfermagem Marlene, Robson, Serginho, Toninho, Milena, os condutores, Jeffson, Ricardo, Cal, a enfermeira, Raquel, os médicos Dr. Hélio, Dra. Suzana, Dra. Fernanda, Dr. Gustavo Trindade, o apoio operacional do Mario, do Rubem Jorge e do Darci e outros que participaram pontualmente mas, com a mesma importância, pois todos prestaram seus trabalhos de forma digna, ética e principalmente, muito HUMANA.

Situação de urgência que foram encontradas nas diversas ações:

  • Quadros Hipertensivos

  • Gestantes intoxicadas com drogas

  • Ferimentos Infectados

  • Pneumonias / Tuberculoses

  • Fraturas / Traumas / Ferimentos

  • Pancreatites / Colangites / Gastrites

  • Convulsões

  • Necrose de Mão ( em fase de mumificação e bolhas ) - levado para amputação

Mudanças e melhorias estão acontecendo, devido ao crescimento e reconhecimento da necessidade de novos instrumentos para os atendimentos dos pacientes usuários de droga e dos moradores de rua, resultantes das

ações BOM DIA MORADOR DE RUA:

  • Articulação da Rede Básica e outros equipamentos intersetoriais.

  • CONSULTÓRIOS DE RUA – Equipes Móveis, para o apoio nas ações de rua

  • Ampliação do número de CAPS AD no município, conforme 7ª Conferencia de Saúde.

  • Ampliação de 12 leitos em Hospital Geral relacionados a álcool e outras drogas

  • Readequação dos leitos do Candido Ferreira para garantir a retaguarda de leitos noite para os novos CAPS AD

  • Implantação dos NASFs e consequente fortalecimento e matriciamento da saude da familia.

  • Ampliar mais um CAPS-i além dos dois já existentes

  • Fortalecimento dos trabalhos de Redução de Danos (Contratação de 03 redutores em cada CAPS AD)

  • Transporte para ações de rua

  • Comunicação

  • Capacitação de monitores

  • Implantação de Casas de Passagem e Casas de Apoio, integradas a política de álcool e outras drogas.