SAMU 192 CAMPINAS apresenta seus dados estatísticos  no  uso do Trombolítico – Metalyse

20 a 22/11/2009


Aconteceu no Rio de Janeiro, o 20th INTERNATIONAL EXPERTS WORKSHOP ON EARLY TREATMENT STRATEGIES OF STEMI PATIENTS

Frequentemente esse evento é realizado em países da Europa e esta é a primeira vez que acontece na América do Sul, no Brasil.

No encontro participaram 320 médicos, coordenadores dos mais importantes Centros Cardiológicos e Serviços de Atendimentos Móveis de Urgências, apresentando suas experiências nos atendimentos de doenças cardiológicas, com ênfase nos Infartos Agudos do Miocárdio.

Temas importantes foram discutidos tais como:

·         Como nós atendemos aos pacientes pré-hospitalar e intra-hospitalar (Europa e América do Norte)

·         Vantagens e desvantagens entre o tratamento fibrinolítico (Metalyse) e Angioplastia

·         Triagem no atendimento pré-hospitalar

Os assuntos específicos que foram abordados mostraram a importância da precocidade do tratamento e a necessidade de investimento e do comprometimento da equipe profissional nos atendimentos de IAM.

Palestrantes:

Dr. Kurt Huber Diretor do Departamento de Medicina e Emergências Médicas/ Wilhelminenhospital Vienna, Áustria

Dr. Patrick Goldstein Médico do SAMU/ Hospital Universitário de Lille – França

Dr. Jorge Ilha GuimarãesCoordenador dos 58 guidelines entre 2002 a 2005 da Sociedade Brasileira de Cardiologia e Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Dr. Sergio TimermanChefe do Departamento de Cardiologia do Instituto de Cardiologia Dante Pazanezze/ Diretor Interamericano do Healt Foudantion/ Diretor da Sociedade Brasileira de Cardiologia e do Departamento de Ressuscitação e Emergência da Sociedade Brasileira de Medicina Interna.

Estiveram presentes prestigiando o evento os médicos Dr. José Roberto Hansen, Coordenador do SAMU 192 CAMPINAS e o Dr. João Paulo Cardoso de Oliveira, médico emergencista do SAMU 192 CAMPINAS.

O Secretário de Saúde e Cardiologista renomado internacionalmente, Dr. José Francisco Kerr Saraiva estaria apresentando a palestra sobre – PROTOCOLO E RESULTADOS NO TRATAMENTO DO INFARTO DO MIOCARDIO COM SUPRA DE ST (STEMI) do SAMU 192 CAMPINAS.

Por motivos particulares, o Secretário de Saúde de Campinas, não pode participar e solicitou que a apresentação fosse realizada pelo Coordenador do SAMU 192 CAMPINAS, Dr. José Roberto Hansen.


 

 


 

Resultados:

• O tempo é importantíssimo no prognóstico dos pacientes com STEMI.

• O melhor tempo de resposta esta entre 1 a 2 horas sem prejuízos a massa cardíaca.

• Após esse período, até 5 horas, ainda temos uma resposta positiva. Após 10 horas apesar de mais branda , oferece uma melhor qualidade de vida.

• O SAMU 192 CAMPINAS , estará participando de um estudo internacional, que já acontece na Europa, agora, incluindo o Brasil, verificando e comprovando a eficiência do trombolítico no STEMI.

• É preciso investir na capacitação e no comprometimento dos profissionais médicos e de protocolos de atendimentos.