Guerreiros do Exército Brasileiro que irão ao Haiti treinam no SAMU 192 CAMPINAS

02/04/2009

A Missão das Nações Unidas para a estabilização no Haiti ou MINUSTAH (sigla em francês) é uma missão de paz criada pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas em 30 de abril de 2004, por meio da resolução 1542, para restaurar a ordem no Haiti, após um período de insurgência e a deposição do presidente Jean-Bertrand Aristide.

Liderada pelo Brasil desde o início, a missão militar tem por objetivo levar segurança ao país centro-americano durante o governo transitório, mantendo a ordem e dando apoio aos funcionários da ONU na reconstrução das organizações do Haiti, por meio da pacificação e desarmamento de grupos.

Uma parceria estabelecida entre a 11ª Brigada de Infantaria Leve do Exército Brasileiro e a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Comissão de Urgência/Emergência, realizou um treinamento em atendimento pré-hospitalar tático para a equipe de saúde que integrará o grupo de Missão de Paz Haiti.

O treinamento, denominado estágio de capacitação, realizado 28° Batalhão Logístico Leve (Belog) foi aplicado em 13 soldados de saúde.

Posteriormente, participaram das atividades práticas nos atendimento as urgências nas viaturas do SAMU 192 CAMPINAS.

Durante 1 semana os militares saiam, acompanhados de técnicos de enfermagem, onde iam sendo orientados pelos profissionais da saúde sobre os procedimentos necessários aos diversos atendimentos.

Os profissionais estavam sob comando da Capitã Luciana – enfermeira do Exército Brasileiro.

O Treinamento prático é muito importante, pois estarão frente a várias situações reais de urgências e precisam saber como proceder de forma rápida e eficiente, refere o coordenador do SAMU Dr. José Roberto Hansen.

Segundo Edméia Nunes Duft, Co-Gerente do SAMU também referiu muito positiva a participação dos soldados e que, o treinamento compartilhou as experiências militares com as equipes de atendimento do SAMU 192 CAMPINAS.

Algumas frases dos soldados em relação ao estágio desenvolvido no SAMU 192 CAMPINAS

“ Estagiar no SAMU (Campinas) foi uma experiência única onde pude vivenciar o cotidiano de um socorrista comprometido com a vida acima de tudo.”

“Com pessoal gabaritado, equipamentos e material de ótima qualidade aprimorei meu conhecimento técnico-científico, e, em mesmo momento, ganhei ainda mais experiência profissional.”

“Estágio de extrema importância que possibilitou e exigiu de cada estagiário a prática dos conhecimentos adquiridos em sala de aula.”

“O estágio nos proporcionou um contato com a realidade para que possamos perder o receio de prestar atendimento à vítima.”

“Experiência muito satisfatória de poder vivenciar o atendimento pré-hospitalar de vítimas traumáticas e clínicas.”

“Em um ambiente saudável e profissional, pude por em prática técnicas de socorrismo não tão comuns em um ambiente de atendimento ambulatorial.”

“Observei e desenvolvi novas técnicas de atendimento pré-hospitalar que foram realizadas durante as inúmeras ocorrências em que o SAMU presta socorro.”

“Aprimorei meu conhecimento técnico-científico em um ambiente de amizade e companherismo onde todos são super profissionais e comprometidos com o próximo.”