SAMU 192 CAMPINAS RECEBE PREMIO PAES LEME

01/12/2009

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 CAMPINAS  recebeu nesta terça-feira, dia 1º de dezembro, o “Prêmio Paes Leme”, da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC) por conta dos serviços relevantes prestados à comunidade.

Trata-se da nona edição do Prêmio que, além do SAMU 192 onde foram  homenageados na área da Saúde, premia neste ano outras duas importantes instituições da cidade nas áreas de Comunicação – TVB,  e Segurança – ESCOLA DE CADETES DE CAMPINAS, além de oito médicos.

A sessão iniciou as 19:30h, com a presença na mesa da solenidade a Presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia, Dra. Denise Barbosa, o Secretário de Saúde, Dr. José Francisco Kerr Saraiva, o representante da Câmara de Vereadores e presidente do Hospital Beneficência Portuguesa, Dr. Arly de Lara Romeo, o Dr. Azael Bordin, Diretor do Sindicato dos Médicos, e o médico e  vereador Dr. Dário Saadi.

O Secretário de Saúde proferiu lindas palavras e não poupou elogios a todos os profissionais e ao trabalho realizado, comparando os resultados com  serviços de primeiro mundo.

As homenagens foram recebidas pelo Coordenador do SAMU 192 CAMPINAS, Dr. José Roberto Sampataro Hansen, que também prestigiou os  diversos profissionais do SAMU que estavam presentes, do Diretor de Comunicação da SMCC, Dr. Wilson Pires de Camargo Junior.

“Está homenagem é muito importante, pois reconhece o trabalho realizado pelos profissionais do SAMU 192 CAMPINAS pela Sociedade Médica de Campinas, após 15 anos de existência”, referiu Hansen.

Após a entrega das homenagens, aconteceu um  coquetel para os presentes, no 3º piso da sede da entidade - Espaço Albert Zeitouni.

O Prêmio Paes Leme, foi criado durante a gestão de Albert Zeitouni na Sociedade de Medicina, com o objetivo de homenagear personalidades (médicas ou não), e instituições e/ou programas sociais, que tenham contribuído direta ou indiretamente para o bem estar social, ou para o exercício livre e ético da medicina em Campinas.

O nome Paes Leme é uma homenagem ao primeiro presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas, o médico Francisco Betim Paes Leme, que dirigiu a entidade entre 1925 e 1926.

Samu

O Samu/192 foi inaugurado oficialmente em junho de 1996 em Campinas. Além de uma frota de ambulâncias devidamente equipada, conta com a figura do médico regulador nas 24 horas para gerenciamento dos chamados com base em critérios técnicos precisos, previamente estabelecidos; equipe de motoristas com formação em suporte básico de vida; e equipe de enfermagem especializada para atendimento pré-hospitalar.

O serviço criado em Campinas acabou aprovado pelo Governo Federal que, em 2003, instituiu a implantação de serviços de atendimento móvel de urgência em municípios e regiões de todo o território brasileiro: SAMU 192.

Em Campinas, o SAMU 192 é um serviço sob gestão da Secretaria Municipal de Saúde. Atende às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e psiquiátrica da população.

Sua equipe é treinada para atender situações de múltiplas vítimas e realiza trabalho preventivo na questão de grandes acidentes em eventos. Além disso, em Campinas, o serviço conta com psiquiatras de plantão 24 horas e dispõe de viatura exclusiva para atendimento psiquiátrico.

Atende a uma média de 6,5 mil casos por mês e recebe uma ligação a cada 4 minutos. São 150 saídas por dia, 25 de UTIs, 10 atendimentos por hora. Para acionar o Samu, basta o cidadão discar o número 192.