Campinas tem novo Secretário de Saúde

16/01/2006

O prefeito Hélio de Oliveira Santos apresentou e empossou nesta segunda-feira, 16 de janeiro, o novo secretário de Saúde, o médico cardiologista e professor universitário José Francisco Kerr Saraiva.

A cerimônia de posse ocorreu pela manhã e reuniu o secretariado, representantes da Arquidiocese de Campinas, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (Puc-Campinas), Unicamp, Poder Legislativo, diretores de hospitais, conselheiros municipais de saúde, diretores das secretarias municipais de Saúde e Educação e jornalistas.

No caso da Saúde, o prefeito destacou os voltados para a área de urgência e emergência, como a construção do Hospital Ouro Verde e dos Prontos-Socorros do Campo Grande e da região sul de Campinas. Também citou a recuperação da infra-estrutura da rede e as iniciativas para recuperar o déficit de médicos e para promover a distribuição adequada de medicamentos.

Hélio destacou ainda que vai buscar recursos extra-orçamentários e a parceria de representantes da sociedade civil para aprimorar a qualidade da rede pública municipal de saúde, além de contar com a participação e a cobrança da sociedade por meio do Conselho Municipal de Saúde.

Em seu discurso, o médico José Francisco Kerr Saraiva anunciou seu compromisso com o Sistema Único de Saúde lembrando que 80% de toda sua vida profissional foram dedicados à vida pública. "Nesse tempo todo convivi com a desigualdade social na área da saúde. É preciso mostrar que o paciente SUS pode e deve ter o melhor atendimento. Me sinto muito identificado com este cargo e preciso contar com representantes da sociedade, universidades, Câmara e Conselho Municipal de Saúde", disse.

Currículo

José Francisco Kerr Saraiva

José Francisco Kerr Saraiva, 49 anos, é natural da cidade de São Paulo e reside há 20 anos em Campinas. Formou-se em medicina pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), em 1979, fez residência médica em nefrologia na mesma universidade, em cardiologia no Instituto do Coração da USP e doutorado na Universidade de São Paulo (USP). Também é especialista em cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, em medicina intensiva pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira e em medicina do trabalho pela Unesp e pela ABMT.

Na vida acadêmica é o atual diretor da Faculdade de Medicina da Puc-Campinas e professor titular de cardiologia da mesma universidade e chefe do serviço de cardiologia do Hospital Universitário da PUC.

Tem participação ativa na Sociedade Brasileira de Cardiologia e é o atual vice-presidente do Departamento de Aterosclerose da mesma sociedade. Tem várias publicações em revistas e capítulos de livros nas áreas de hipertensão arterial, aterosclerose e insuficiência cardíaca. Desenvolve, atualmente, na Faculdade de Medicina e Hospital Universitário da PUC vários projetos de pesquisa relacionados a novos medicamentos para o tratamento das doenças cardiovasculares.

Denise Assis