Diretor Técnico

11/01/2006

Desde outubro de 2005, uma profissional do Corpo Clínico (Dra. Priscila Saccomani) assumiu uma função interna denominada Diretoria Técnica.

Essa função foi definida após a saída do Diretor Clínico.

É um médico de confiança da Instituição sendo escolhido pela Coordenação.

Atribuições

  • Permanecer na Instituição no período de maior atividade profissional estando realizando no SAMU a carga horária diária de 4 horas semanais, correspondendo a 20 horas semanais completando a carga com 01 plantão de 12 horas /mês, completando 24 horas semanais;
  • Cientificar a Mesa administrativa das irregularidades que se relacionem com a boa ordem, asseio e disciplina;
  • Executar e fazer executar a orientação dada pela Instituição em matéria administrativa;
  • Representar a Instituição em suas relações com as autoridades sanitárias e outras;
  • Zelar pelo cumprimento das disposições legais e regulamentares em vigor;
  • Assegurar condições dignas de trabalho à pratica médica, visando o melhor desempenho do Corpo Clínico;
  • Assegurar o pleno e autônomo desempenho da Comissão de Ética;
  • Encaminhar a Comissão de Ética consulta ou denuncia relativas a quaisquer assuntos de natureza ética, visando o bom exercício da Medicina;
  • Presidir as Assembléias do Corpo Clínico; 
  • Empenhar-se para que os integrantes do Corpo Clínico observem os princípios do Código de Ética Médica, as disposições legais em vigor, a ordem interna na Instituição e as resoluções baixadas pelos Órgãos e Autoridades em matéria de procedimentos éticos;
  • Responsabilidade de organização, controle das escalas e suas presenças;
  • Responder ou encaminhar as queixas encaminhadas ao serviço para os responsáveis solicitando maiores informações e posterior resposta aos órgãos competentes ;
  • Discutir casos problemáticos que sejam encaminhados a Coordenação junto com os demais atores, na busca de encontrar soluções ou propostas para  a melhor resposta do problema;
  • Avaliar e auxiliar durante sua permanência no SAMU em dificuldades de ocorrências, macas presas ou vagas secundárias;
  • Responderá juntamente com os demais Co-Gerentes (Núcleo Assistencial e Núcleo Operacional) por decisões tomadas na ausência do Coordenador.