SAMU 192 Campinas participa do Seminário Internacional de Atenção Integral às Urgências

15/12/2004

Nos dias 15, 16 e 17 de dezembro ocorreu em Brasília um grande evento promovido pelo Ministério da Saúde,  organizada pela  Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Especializada e Coordenação Geral de Urgência e Emergência com a participação 1500 profissionais de todos os SAMUs e serviços Internacionais e outros relacionados a Urgência.

  • Seminário Internacional de Atenção Integral às Urgências

  • Encontro da Rede Nacional SAMU 192 

  • Seminário de Atenção a Desastres, Catástrofes e Acidentes com Múltiplas Vítimas

Foram discutidos temas relacionados ao atendimento de urgência no Brasil e apresentou experiências internacionais, com a participação de membros do Ministério da Saúde da França, de Cuba e da Universidade de Havana.

O evento promoveu um grande Simulado de atendimento à Múltiplas Vítimas com atendimento do SAMU  e outros Órgãos de Segurança Pública.

Neste encontro foram do SAMU 192 CAMPINAS, o Coordenador, Dr. José Roberto Hansen, a Co-Gerente, enfermeira Luciana Ribeiro Gonçalves e o médico regulador Dr. Marcelo Sartori. O Coordenador de Urgência da Urgência e Emergência de Campinas, Dr. Joaquim José de Oliveira Filho também esteve presente.

Pudemos avaliar que realmente o SAMU 192 CAMPINAS está em um nível de trabalho diferente e acima dos novos que vem apresentando problemas que já passamos e hoje estamos colhendo muitos frutos dessas situações.

Temos um Now-How no que diz respeito a atendimento a múltiplas vítimas e no atendimento em grandes eventos. Produzimos muitas informações que são trabalhadas para melhorar a relação com a rede de urgência e atendimento básico. Campinas não somente mantém-se como referência Nacional de serviço Pré-Hospitalar  como também é referência em qualidade de atendimento e avaliação de risco nos seus Prontos Atendimentos (São José, Anchieta e Ouro Verde) e no  Atendimento a pacientes psiquiátricos com médicos psiquiatras de plantão no SAMU, dando apoio aos CAPS.